Pedras preciosas escondidas nas informações da sua Página Facebook: Efeito Viral e Alcance Viral

Postado em Janeiro 4, 2013 de

Este blog post faz parte de uma série de artigos orientados a encontrar informações escondidas (“pedras preciosas”) que estão “enterradas” nas informações das páginas Facebook.  Nesta primeira série o enfoque irá para a versão web das informações disponíveis na sua páginaA maior parte dos administradores das páginas do Facebook estão obcecados com duas métricas 1) Curtir da página 2) Alcance dos posts individualmente. Infelizmente a maior parte fica–se por aqui.

A verdade é que existem dúzias e dúzias de métricas que o podem ajudar e dar-lhe uma ideia do desempenho da página para estrategicamente dominar o Facebook Marketing. Este blog post vai enfocar em como pode seguir as publicações mais virais e utilizar essa informação de forma vantajosa na gestão da sua página.

O que é o efeito viral ?

Antes de sabermos onde se encontra o efeito viral nas informações da página e fazermos uso desta métrica é importante perceber o que significa.  De acordo com o Facebook, o efeito viral é definido da seguinte forma:

A percentagem de pessoas que criaram uma história a partir de uma publicação sobre o número de pessoas únicas que a viram.

Para que esta definição faça sentido, temos de perceber a definição de “história”.  Uma história é um “pedaço” de conteúdo que foi criado pelos Fãs e partilhado com os amigos, sempre que interagem com o seu conteúdo da seguinte forma:

    o
  • Curtir/Gostar, comentar ou partilhar a sua publicação/post
  • o

  • Responder a uma pergunta que fez; ou
  • o

  • Responder a um evento que criou.

Ok, vamos perceber onde encontra-lo …

Como encontrar o efeito viral ?

No seu painel de administração, clique em “Ver todos” no widget das informações:Access the Facebook Insights

Na opção “visão geral”, na última coluna do mapa Publicações da página encontra o efeito viral Facebook post virality metric

Tem de ter a certeza que está a analisar uma amostra de publicações suficientemente grande para ter representatividade. A analisar, pelo menos um mês de publicações de cada vez. Faça scroll down para o final do mapa e clique

Display more Facebook post insights em publicações antigas as vezes necessárias até ter uma amostra do tamanho adequado. Agora vá para o início da tabela e clique em cima de efeito viral. Assim vai ordenar por ordem decrescente o efeito viral. Talvez tenha de clicar duas vezes para ver a viralidade mais alta em primeiro lugar.  Para começar, mantenha a opção todos os tipos de publicações Pode ajustar esse filtro no início da tabela. Filter Facebook insights by post type

Também vamos querer analisar apenas conteúdos que não foram promovidos, isto porque a promoção de uma publicação vai gerar um efeito viral (nem sempre positivo). Isto não quer dizer que não se analise o conteúdo promovido também, mas a análise deve ser feita em separado. Não se pode eliminar o conteúdo promovido desta coluna mas saberá se o conteúdo foi promovido se vê um circulo cinzento na última coluna do mapa, correspondendo a cada linha de cada publicação.  

Agora que já tem as publicações organizadas comece a analisar a informação. Responda às seguintes questões:

    o
  • Existe um tipo de conteúdo que é mais viral e de forma consistente ?
  • o

  • Existe um tipo de conteúdo que não é viral e de forma consistente ?
  • o

  • Que tipo de caraterísticas são comuns nas publicações mais virais ?

No meu caso (Jon Loomer)  as 5 publicações de conteúdo mais viral do último mês foram partilhas de fotos. Do meu top 10 de publicações, apenas a 10ª (que era uma foto) estava promovida. As outras três publicações eram partilhas de links. Facebook statistics by post types

Isto é interessante até porque temos escutado que o alcance tem sofrido uma quebra nas publicações com fotos a favor das publicações apenas com status update. O alcance claramente não conduz ao efeito viral.   Tenho experimentado fazer publicações de status update no último mês devido à possibilidade aumentar o alcance. Mas apenas na 17º posição das minhas melhores publicações (mais virais) aparece um status update.  Claro que isto não deveria ser uma grande surpresa uma vez que os status update não são algo que tipicamente se partilhe com os amigos.   Mas este fato acrescenta à lista de razões para analisar algo mais para além do alcance quando estamos a avaliar o sucesso das publicações. Quando estamos a tentar encontrar um padrão sobre o que determina que uma publicação seja viral ou não analise o formato da publicação.  Curioso que cada uma das duas melhores fotos que eu partilhei incluiam perguntas na 1ª frase. Para obter informações no detalhe da sua publicação, clique no link na coluna da publicação. Aqui está o detalhe da minha publicação mais viral do último mês. Facebook statistics post preview

Não vou entrar muito em detalhe sobre este ponto mas há algo interessante a anotar. “usuários envolvidos” não é sinónimo de “efeito viral”. Aqui está a definição de “usuários envolvidos”.

O número de pessoas que clicaram na sua publicação.

Notar que os meus 2 posts mais virais têm um alcance semelhante, mas o 2º post mais viral tem quase três vezes mais usuários envolvidos. Facebook page statistics engaged users Isto é o tipo de dados que deve monitorizar para determinar se consegue extrair algumas tendências que ajudem a melhorar o tipo de conteúdos que publica.

Como medimos o efeito viral em AgoraPulse

Também pode avaliar o efeito viral com  AgoraPulse. Clique em Informações>Publicações> selecione Alcance na 2ª opção do menu drop downAgorapulse Facebook statistics for reach and engagement
Também pode organizar a informação por “alcance viral”. Isto é ligeiramente diferente do efeito viral. Lembra-se que efeito viral é a percentagem de pessoas que criaram uma história a partir de uma publicação, sobre o número total de pessoas que viram a publicação.  O alcance viral é ligeiramente diferente e mede a percentagem de pessoas totais alcançadas através de uma história gerada por fãs e não fãs. Os resultados são ligeiramente diferentes. Aqui descubro que o meu alcance viral é mesmo assim mais alto com uma foto, mas os quatro publicações seguintes (por ordem decrescente do alcance viral) são status updates. Agorapulse Facebook statistics for reach and engagement

Dar um significado à diferença

Então, como poderá ser assim? O que significa isto e o que nos pode ensinar? O efeito viral que encontramos na versão web das informações do Facebook diz-nos o que é provável de gerar engajamento na criação de uma história.  O alcance viral com AgoraPulse diz-nos que publicações alcançaram o maior número de pessoas  como resultado do engajamento da criação de uma história. Num Mundo perfeito, uma levaria outra. Mas descobrimos recentemente que as fotos e os status updates, pelo menos na atual forma do Edgerank funciona, não são iguais em termos de alcance. Se combinarmos ambos, vejo que as minhas fotos geraram 112 histórias que resultaram num Alcance Viral de 191 utilizadores.  Por outro lado, um dos meus status updates resultaram em 2 histórias que alcançaram 58 usuários.

Por qualquer razão, o Facebook coloca à superfície estas histórias mais para os status updates do que para as fotos. Mas as fotos, eu descobri que geram um maior engajamento- ambas para Fãs e para os que “tropeçam” na história de um amigo. Por outras palavras, os status update podem ter o maior potencial para alcançar o maior número de pessoas, mas as fotos mais facilmente geram valioso engajamento. Tal não quer dizer que um é necessariamente melhor que o outro, mas que ambos têm um objetivo.

Este artigo foi escrito por Jon Loomer. Jon é um fantástico consultor de Facebook Marketing oferecendo dicas únicas e práticas no seu blog. Não perca o seu Blog e Newsletter : http://www.jonloomer.com/